“Pois é dando que se recebe…”

Acho belíssima essa oração de São Francisco de Assis, ainda mais em forma de canção assim, na voz de Fagner. Ela embala perfeitamente o tema que quero trazer aqui hoje, e já adianto que é um tema muito, muito especial, que deve ser encarado de forma especial, pois foi um pedido dos Mestres de Luz que nos instruíram que, sempre que possível, devemos levar para mais pessoas sobre esse assunto.

Em uma regressão semana passada, foi abordada a importância de se doar, de fazer algo para alguém, para algo, para o mundo, e não somente para si mesmo. Segundo nos ensinaram os Mestres, quando não nos doamos, nossa vida não vai para frente, fica estagnada, não flui, e sofremos sem saber o porquê. Que, muitas vezes, as pessoas mal fazem algo para si mesmas, o que dirá para o próximo. De forma tão amorosa e humilde, os Mestres que estavam conduzindo a regressão nos pediram que pudéssemos abordar com mais pessoas do quão essencial em nossas vidas é a nossa doação.

caridade3

Já escrevi um texto sobre isso – A importância de fazer o bem ao próximo – mas sempre é válido expandir mais essa temática, com outras abordagens, outras perspectivas.

Esses dias mesmo eu estava refletindo: só quem é feliz de verdade se doa; e vice-versa: quem procura se doar encontra a verdadeira felicidade, pois ajudar e fazer o bem alimenta alma e preenche o peito. Muitas vezes, estamos tão absortos em nossos próprios problemas, culpando Deus e todo mundo pelo nosso sofrimento, que mal conseguimos enxergar o que nos rodeia, não percebendo um mundo de possibilidades que Deus nos deu e nos dá diariamente. Ao desfocarmos um pouco a nossa atenção do nosso próprio umbigo, veremos que há de sobra para todos, que não é tirando um pouco do que é nosso que nos faltará (muito pelo contrário).

recadox-com-br-virtude-sem-caridade-nao-passa-de-332AQmfrqUKnk

Então, se neste momento você está passando por um sofrimento em sua vida, se nada do que você deseja está dando certo, se você não consegue se realizar em sua vida, se sua vida não está fluindo, e por aí vai, pare um pouquinho e pense: o que eu estou fazendo para melhorar a minha vida e de outras pessoas? Como estou fazendo a minha parte para conquistar o que desejo? De que maneira estou contribuindo para ter um mundo melhor? (Esse “mundo” não precisa ser propriamente o Planeta inteiro; no meio onde se vive já é um ótimo mundo).

caridade1

Quando falo em se doar, fazer o bem ao próximo, não é só material e financeiramente. Há quem pense que praticar a caridade é tirar do seu bolso para dar a alguém. Não é somente assim, embora doar dinheiro também seja uma forma de caridade, pois o universo é infinito e ele jamais deixará faltar em sua vida, principalmente se você pratica preceitos de prosperidade (indico o livro: Conexão com a Prosperidade, de Bruno J. Gimenes e Patrícia Cândido).

Doar-se pode vir de muitas maneiras, até mesmo cuidando da sua própria energia, isto é, cuidando dos seus pensamentos e emoções, desenvolvendo a sua espiritualidade (sobre esse assunto, mais um texto aqui), para que você possa iluminar um ambiente com a sua presença, ajudando uma ou mais pessoas apenas por estar ali, sem precisar fazer ou falar nada.

caridade

Em tempos de tecnologias, doar-se pode até vir através dos seus compartilhamentos da rede social Facebook, por exemplo. Ao querer compartilhar algo, prefira conteúdos positivos, que carreguem um significado, algo bonito, uma mensagem, etc, e não somente lamúrias, negativismos e críticas. Nós somos o que pensamos e, nos dias de hoje, o que compartilhamos também.

Uma outra forma de doar-se, para aquelas pessoas que alegam que não possuem tempo ou dinheiro para praticar a caridade, pode ser por meio de uma oração sincera. Ao se preparar para dormir, faça uma oração verdadeira, aquela que vem do fundo do coração, e não se foque só em pedir e se lamentar com Deus ou outra crença que você tenha. Inicie agradecendo pelas suas bênçãos e, após, espalhe essa energia para mais pessoas, ou até mesmo para o Planeta. Envie pensamentos do bem para que mais pessoas possam encontrar a sua paz, não somente você próprio e as pessoas da sua família.

A doação é uma maneira linda de exercermos o amor e a paz que tanto buscamos. Pois, conforme São Francisco de Assis, é dando que se recebe. Ao nos doarmos, doarmos nosso tempo, nossas potencialidades, nossos dons, nossas “posses”, estaremos criando uma energia fluida que abre um caminho em nossas vidas onde colheremos ainda mais do que temos, instaurando a prosperidade ao nosso redor.

14915458_7Bwjc

Não sabe o que doar? Iniciar com um belo sorriso, por exemplo, já ajuda muito. Melhorar o semblante, não ficar de “cara amarrada”, dando um bom dia ou um olá de forma espontânea poderá ajudar muito mais do que julgamos. Aliás, este é outro ponto bem importante: quando falamos em doação, deve ser uma doação sincera, ou seja, aquela que não espera algo em troca, pelo menos uma troca “visível”, mensurável. Ao doarmos um pouco do que temos, com certeza teremos amparo e retorno do Plano, do Universo, pois tudo é uma questão de energia. E, conforme já muito comentado, a energia que emitimos é a mesma que recebemos.

caridade2

Reserve momentos do seu dia para pensar: de que forma posso ajudar alguém hoje? Com certeza a resposta e a oportunidade surgirão naturalmente, pois a intenção já foi criada e a energia preparada. Desejando ter essa conduta, sua própria vibração energética mudará, e a doação na sua vida será natural, chegando a ser imperceptível… mas com certeza estará lá! 😉

Para finalizar, nada melhor do que as palavras de um Mestre propriamente. Portanto, convido para que possamos ler com atenção, fazendo nossa própria interpretação do que cada trecho quer dizer:

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.
Anúncios

2 thoughts on ““Pois é dando que se recebe…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s