Mude seu foco: enxergue além do seu próprio umbigo

Dentre as técnicas que trabalho, uma delas é a de Regressão Terapêutica, método utilizado pela Psicoterapia Reencarnacionista para a rememoração de vidas passadas (saiba mais neste post). Nas experiências com o Plano Espiritual nos momentos de Regressão, muitas vezes alguns Amigos Espirituais vêm para dar orientações, mensagens, conselhos, etc. Inclusive, já escrevi um texto aqui no blog sobre as mensagens que os Mestres já repassaram.

Frequentemente, o foco dessas orientações aborda a questão do sofrimento das pessoas e o quanto ele está intimamente ligado ao fato de que essas pessoas não fazem nada em suas vidas a não ser que seja para si mesmas. Em outras palavras, o egoísmo de uma vida de não olhar para além do seu próprio umbigo.

Sim, eles comentam que grande parte das pessoas está imersa em sofrimento porque no seu vocabulário encontra-se apenas o EU, e nunca o NÓS. EU não tenho o carro que quero; EU me sinto cansada; EU não estou no peso que gostaria; EU não consigo mais ir ao salão de beleza; EU não tenho tempo para nada; EU não tenho dinheiro para fazer um curso de inglês; EU não suporto mais as pessoas ao meu redor; EU não suporto meu pai; EU não suporto minha mãe; EU não suporto meu marido/esposa; EU não sou valorizada no que faço; EU não tenho o reconhecimento que espero dos outros; e por aí vai. EU…EU…EU. E a vida vai passando e o Universo girando em torno do umbigo dessas pessoas.

o-mundo-precisa-de-gente

Geralmente, essas pessoas apresentam grande problema de baixa autoestima, porque como elas estão acostumadas a se colocarem no centro de tudo e esperam que os outros assim o façam, frustrando-se com muita facilidade quando isso não acontece. E aqui, quando falo em NÓS, não inclui somente pessoas do próprio círculo de convívio, como a família. Pessoas que estão acostumadas com o EU alimentam uma falsa crença de que ajudam os familiares e amigos, mas essa ajuda, no fundo, tem uma conotação egoísta, pois esperam sempre serem reconhecidas pelo que fazem e isso é totalmente o oposto do propósito desse assunto.

Geralmente, são pessoas que só reclamam, acham que Deus se voltou contra elas, que possuem uma vida infeliz (mesmo tendo tudo, e não falo só de bens materiais) e que nada dá certo. Mas no fundo, são pessoas que querem obter retorno sem o menor esforço, não fazem a sua parte e esperam de braços cruzados que os milagres caiam do céu. Literalmente, possuem uma vida inútil, uma vida que só dá trabalho, da qual terão que prestar contas quando passarem do plano físico e voltarem para a casa espiritual, pois não estamos aqui só para propósitos individuais: “o que você fez pela evolução, sua e dos irmãos?”

13744140_1642864856031301_1359397933_n

Para exemplificar, trago a questão 988 do Livro dos Espíritos: Pessoas cuja vida se escoa em perfeita calma; que nada precisando fazer por si mesmas, se conservam isentas de cuidados. Provará essa existência ditosa que elas nada têm que expiar de existência anterior?

“Conheces muitas dessas pessoas? Enganas-te, se pensas que as há em grande número. Não raro, a calma é apenas aparente. Talvez elas tenham escolhido tal existência, mas, quando a deixam, percebem que não lhes serviu para progredirem. Então, como o preguiçoso, lamentam o tempo perdido. Sabei que o Espírito não pode adquirir conhecimentos e elevar-se senão exercendo a sua atividade. Se adormece na indolência, não se adianta. Assemelha-se a um que (segundo os vossos usos) precisa trabalhar e que vai passear ou deitar-se, com a intenção de nada fazer. Sabei também que cada um terá que dar contas da inutilidade voluntária da sua existência, inutilidade sempre fatal à felicidade futura. Para cada um, o total dessa felicidade futura corresponde à soma do bem que tenha feito, estando o da infelicidade na proporção do mal que haja praticado e daqueles a quem haja desgraçado”.

A inutilidade voluntária de uma existência: isso é muito, muito sério!

inutilidade-voluntária-

Ainda, são pessoas que, frequentemente, procuram um problema para cada solução:

– Eu preciso de ajuda, estou infeliz.

– Leia um livro!

– Tenho preguiça.

– Participe de um curso!

– Não quero perder meu final de semana.

– Vamos em uma palestra no centro espírita!

– À noite gosto de ficar em casa descansando!

– Medite!

– Não tenho tempo!

E por aí vai…

12809546_851321561660418_6359970221686085165_n

O Plano Espiritual, lá de cima, então, fica de mãos atadas, porque geralmente essas pessoas pedem ajuda e, quando essa ajuda é enviada (e note que a ajuda nunca vem de graça… ela exige sim um pouquinho de empenho da nossa parte), colocam empecilho em tudo. Eles devem comentar: – mas aí fica difícil! (rsrsrs)

A questão em que quero chegar, e os Mestres nos falam muito sobre isso, é da importância de se doar, de reservar uma parcela da nossa vida, por menor que seja, para fazermos algo de útil que não apenas para o EU. Para destinarmos um pouquinho de esforço e energia para o NÓS. Para realmente contribuir com a propagação do bem… e quando se fala nisso, em nenhum momento se pensa em quantidade, e sim qualidade. Não é o tempo, a quantia, o tamanho da sua ajuda que conta e sim somente a ajuda e ponto final.

Quando falamos em se doar, não é para virar uma Madre Tereza de Calcutá, Jesus Cristo, Dalai Lama. Falamos em contribuir, de alguma forma, com o que temos de bom, com o que gostamos de fazer, e TODOS possuímos isso dentro de nós.

Quando falamos em se doar, não é dar dinheiro aos pobres, alimentar os famintos, dar cobertas para os que sentem frio. Isso também. Mas, o que eu tenho constatado é que a melhor doação que podemos fazer, que mais surte efeito em questões espirituais e energéticas, na evolução como um todo, é doar o nosso tempo! Participar de atividades, sejam individuais ou coletivas, que não visem somente a nós mesmos e a satisfações do ego.

Citando Allan Kardec novamente: “Não há salvação fora da caridade”. E não há mesmo! Podemos encontrar na caridade tudo que precisamos, tudo mesmo. A caridade, isto é, fazer o bem sem olhar a quem e, o mais importante, sem esperar nada em troca, é alimento para a alma. Preenche e fortalece por dentro, não deixando espaço para o sofrimento.

frase-a-alegria-de-fazer-o-bem-e-a-unica-felicidade-verdadeira-leon-tolstoi-156234

Não sabe do que eu estou falando? Procure dizer uma palavra amiga, de incentivo, quando alguém vier reclamar dos próprios problemas, ao invés de se aborrecer e revirar os olhos. Ao amparar com as palavras (e note, algo de graça e que não toma muito do nosso tempo) e ouvir do outro que está mais leve, mais tranquilo após ter desabafado e encontrado amparo, não há preço que pague! O sentimento que surge no peito, ao realizarmos algo em prol de alguém sem a mínima conotação egoísta, é literalmente incomparável!

Quando ajudamos alguém, sem ficar esperando reconhecimento, faz com que nossos problemas pareçam tão pequenos, tão insignificantes, diante da magnitude da vida. A magnitude de fazer parte do todo, de estarmos todos conectados, de todos estarmos aqui neste plano querendo a mesma coisa: evoluir e ser feliz. E no meio de tudo isso, não há tempo para o sofrimento, pois ajudar a aliviar o sofrimento alheio, amparar o próximo, gradativamente vai fazendo com que essa palavra nem exista mais em nossa vida.

unico-modo-de-ajudar-a-si-mesmo

O reconhecimento, e novamente isso é uma mensagem dos Amigos Espirituais, vem lá de cima e é esse o reconhecimento que importa. Ajudar, amparar, viver o NÓS, vai nos dando pontinhos na prancheta de Deus, nos transformando em pessoas realmente merecedoras da felicidade, merecedoras da vida que desejamos. E aí, quando isso acontece, quando a alma fica mais leve, nossa vida germina e vira um campo fértil para a prosperidade, para a leveza, para a plenitude. E sabe por quê? Por que paramos de procurar lá fora e passamos a olhar para dentro!

caridade
Sim, essa realmente foi uma mensagem recebida em uma Regressão, querendo dizer para a pessoa que ela poderia ter a vida que desejasse, se se ocupasse em se doar, sair do egoísmo de uma vida somente para o si!

Por que tudo, tudo mesmo, é uma questão de energia, de ação e reação, de lei da atração. E quando desejamos o bem, é isso que teremos. Quando desejamos o amor, é isso que teremos. Quando desejamos que o outro seja feliz, é isso que teremos. Quando amparamos os outros, estaremos sempre, sempre amparados. Novamente, a frase mais citada de Buda por mim: não está gostando do que está recebendo, perceba o que está emitindo. E então, mude o foco… foque na emissão e pare de se martirizar e se vitimizar com o recebimento, afinal ele é produto das suas próprias ações e escolhas.

quando-voce-ajuda-alguem-por-mais-pequeno-que-seja-voce-esta-liberando-felicidade-para-sua-mestre-arievlis-frase-2785-11540

Torne-se útil! Uma pessoa útil para o mundo é uma pessoa útil para a espiritualidade. E quando eles enxergam uma pessoa se esmerando para fazer o bem pelos outros, eles literalmente movem montanhas para que essa pessoa tenha amparo e felicidade com a vida que deseja, como uma forma de retribuição pela ajuda. E, para quem presta atenção, é muito fácil sentir a ajuda e o amparo deles. Novamente, isso é alimento para a alma.

Ficou cansado só de ler esse texto, porque não tem a mínima vontade de ajudar e se doar? Já encontrou mil e um empecilhos? Sinto informar, mas ninguém vem para essa vida para não passar trabalho. Se nem Chico Xavier se eximiu de ter disciplina, o que dirá de nós, pobres mortais! Quer mudar de vida? Quer sair do sofrimento? Quer ser uma pessoa mais positiva? É hora de arregaçar as mangas!

pare-de-esperar

Não sabe como mas quer ajudar? Não tem muito tempo nem dinheiro mas quer ajudar? Não sabe como ser útil? No próximo post darei dicas de como fazer o bem, de como conquistar a vida que você deseja ao desviar o foco do próprio umbigo 😉

Anúncios

3 thoughts on “Mude seu foco: enxergue além do seu próprio umbigo

  1. Simplesmente lindo!!! Adorei o texto!! Vamos parar de ver só o próprio EU e olhar ao nosso redor. Vamos emanar o bem para receber o bem.

    Gostar

  2. pelo texto filha, como sempre. parábens , doe um sorriso, uma palavra amiga, uma oração a várias maneira de doação. NAMASTE…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s