Como me preparar para fazer uma Regressão?

Acreditando ou não, uma coisa é fato: a palavra Regressão desperta diversas reações nas pessoas. Seja medo, seja curiosidade, seja a identificação de uma necessidade para a sua vida, etc, a questão é que ela não passa despercebida.

deb45d333d0414ba3de42155789fdb4a-825x451

Sou formada em Psicoterapia Reencarnacionista (PR) e utilizamos, como um dos métodos terapêuticos, a Regressão a vidas passadas. Para contextualizar, a PR é uma escola brasileira, canalizada por Mauro Kwitko, que parte da crença reencarnacionista, isto é, que já vivemos outras vidas, que a morte não é o fim e a infância não é o começo. Além disso, acreditamos primordialmente que somos um espírito em evolução, que de tempos em tempos descemos à Terra para mais uma experiência na matéria, passando por desafios e dificuldades que nos levarão ao aprimoramento espiritual. Com isso, em uma vida, trazemos traços de personalidades de outas existências, ou seja, nosso espírito hoje é o somatório de diversas personalidades que já tivemos em outras tantas vidas passadas (podem ser milhares).

Em uma vida passada, posso ter sido recriminada por expor minha opinião, e até morta por isso, então nessa vida atual posso ter uma grande dificuldade e insegurança em dizer o que penso. Em uma outra vida, posso ter sido um homem que abusei de mulheres, por isso nessa vida posso ter nascido mulher para aprender a valorizar o sexo feminino; além disso, posso ter nascido em uma família onde os homens da casa podem tentar me abusar, passando pelo o que eu fiz naquela vida. Em uma outra existência, posso ter sido uma pessoa que não valorizava o material, esbanjava dinheiro e não cuidava do meu patrimônio, por isso nessa vida posso ter vindo pobre, para aprender o real significado dos valores materiais. Em uma outra vida, posso ter causado uma briga, o que me levou à morte por um tiro na testa, portanto nessa encarnação posso desenvolver problemas na cabeça, como enxaquecas sem explicação ou até mesmo a propensão a um tumor. E assim por diante, sendo infinitas as possibilidades de investigar e interpretar a vida através do enfoque reencarnacionista. Resumidamente: em uma vida, muitos dos problemas que temos não são criados na existência e sim são aflorados para que nosso espírito possa amenizar e até curar aquilo que traz como seu karma.SA

Dito isso, entra em cena a Regressão. Mas, afinal, o que é a Regressão e para o que ela serve?

A Regressão Terapêutica está referendada no “Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec, na questão 399 a respeito do Esquecimento do passado, onde diz: “Mergulhando na vida corpórea, perde o Espírito, momentaneamente, a lembrança de suas existências anteriores, como se um véu as cobrisse. Todavia, conserva algumas vezes vaga consciência, e lhe podem ser reveladas. Esta revelação, porém, só os Espíritos superiores espontaneamente lhe fazem, com um fim útil, nunca para satisfazer a vã curiosidade”.

A Regressão é um método terapêutico, baseado na revivência de fatos do passado, seja dessa ou de outras encarnações. Uma regressão é a rememoração do passado onde a pessoa ainda ficou sintonizada, sendo permitido a ela visualizar e reviver essas experiências.

regressão_conversa_entre_adeptus

A Regressão possui 2 finalidades: consciencial, que é sabermos se estamos aproveitando a nossa encarnação atual e termos a consciência do que trazemos conosco de outras vidas, além de entendermos qual a nossa missão nessa atual vivência, nossos traços de personalidade, doenças, etc; e desligamento, onde ocorre o corte de sintonia que estamos com outras vidas, melhorando ou curando doenças e transtornos, como Fobias, Pânicos, Depressões severas e dores físicas crônicas. (Para saber mais sobre o método e a escola da PR, acesse o site da Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista – http://portalabpr.org/)

Ok, se você chegou até aqui no texto, vou supor que você já entendeu o que é a Regressão, se identificou e teve a seguinte conclusão: “acredito que preciso de uma Regressão, mas não sei se estou preparada. Como faço?” Ou ainda: “Como posso saber se estou preparada para uma Regressão?”.

Então vamos por parte porque o assunto é sério!

Motivação

Uma das principais questões que surgem quando alguém se depara com a Regressão, se interessa e acredita é: como saber se eu preciso de uma Regressão?

Essa é uma importante questão, pois não são todos os casos que necessitam de Regressão. A Psicoterapia Reencarnacionista utiliza este método como auxílio, mas sua principal atuação é na Reforma Íntima da pessoa. Isto é, a Regressão, por si só, não resolve todos os problemas. A pessoa precisa estar na jornada da sua Reforma Íntima, fazendo a sua parte para a compreensão daquilo que a incomoda em sua vida, dos seus problemas e sofrimentos e o porquê de ter passado ou estar passando por determinadas situações.

As principais questões que uma pessoa deve ter em mente quando busca a PR e a Regressão é: ela deve sair da zona de conforto; ela deve sair da posição de vítima e centro do mundo; a vida que ela tem é a vida que ela mesma atraiu e criou, de acordo com a energia criada por seus pensamentos, emoções, sentimentos e atitudes; não existem mocinhos nem vilões, apenas a Lei do Retorno em ação, isto é, aquilo que realizamos irá retornar para nós.

liberdade

Dito isso, a Regressão deve ser buscada quando temos problemas em nossas vidas que, por mais que já tenhamos tentado, não conseguimos lidar mais com eles. Quando sentimos que não temos mais forças para combater aquilo que nos traz sofrimento, que é mais forte do que nós e que não entendemos por que aquilo está acontecendo; situações essas que acabam sendo cíclicas em nossas vidas, isto é, há uma melhora, mas um tempo depois volta a perturbar a nossa paz novamente.

Além disso, a Regressão é indicada em casos de doenças, distúrbios, fobias, traumas, dores crônicas, etc, em que a pessoa já passa por longos tratamentos e não há uma melhora significativa. E, finalmente, a Regressão pode ser buscada quando a pessoa sente um vazio em sua vida, sente que está sem rumo, que não tem motivação para viver, que acredita que sua vida não tem propósito, por isso, é infeliz em tudo que a rodeia (mesmo sem ter nenhum motivo aparente para isso).

Responsabilidade

Realizar uma Regressão requer uma grande responsabilidade por parte da pessoa. Ela não deve ser feita apenas para satisfazer a vã curiosidade, do tipo “quero saber se fui alguém famoso em uma vida passada”. A Regressão é oportunizada e conduzida pelo Plano Espiritual, isto é, Mestres de Luz, assim como o Mentor Espiritual da pessoa, estão ali presentes, conduzindo o trabalho, com todo amor e bondade que eles têm (essa é a diferença entre a Regressão da PR e a Regressão da TVP, esta é feita por hipnose, aquela é conduzida pelo Plano Espiritual através de um método de relaxamento e expansão da consciência). Portanto, não devemos “brincar” com isso, não devemos brincar com eles. Temos que estar bem conscientes do que queremos e para o quê queremos através da Regressão.

“Ju, mas eu não tenho um motivo específico para me submeter a uma Regressão, apenas gostaria de ter mais autoconhecimento. Posso fazer a Regressão?” Pode e deve! Procurar Terapias Alternativas com o intuito de autoconhecimento, sem precisar estar passando por um sofrimento, demonstra que a pessoa está no caminho da sua evolução espiritual. Porém, da mesma forma, deve fazer a sua parte na sua Reforma Íntima, refletindo sobre seus aprendizados e realizando o que for necessário durante o tratamento.

Falando em tratamento, vamos para uma próxima importante questão:

A Terapia PR

Para um dia vir a realizar uma Regressão, a pessoa deve, obrigatoriamente, passar por um tratamento através das consultas. Mas por que obrigatoriamente? Conforme já comentado, para fazer uma Regressão, é preciso ter muita responsabilidade, por isso, a pessoa deve estar muito bem preparada, condição que o Psicoterapeuta Reencarnacionista irá auxiliá-la nas consultas.

terapia4

Nas consultas, a pessoa deve ir relatando seus problemas, o que a motivou buscar a terapia, bem como relatos da infância, adolescência, relacionamentos afetivos e familiares, traumas, doenças, etc. O Psicoterapeuta explica como a escola PR funciona, quais são os pilares da PR, quais as finalidades do tratamento e da Regressão e, durante novos encontros, vai auxiliando a pessoa, com respeito e ética, para que ela possa ir identificando gatilhos e armadilhas pelos quais passa durante seu dia a dia, revelando traços de sua personalidade, como suas inferioridades e aprendizados, assim como, na medida do possível, pontuar questões que podem levá-la a identificar qual a sua missão, isto é, aquilo que seu espírito assumiu antes de vir para a atual encarnação. Só então, através de uma análise entre o Psicoterapeuta e a pessoa, é que se avalia se a pessoa está preparada ou não para uma Regressão.

A duração do tratamento vai depender da própria pessoa, o quanto ela se dedica e se empenha na busca da sua Reforma Íntima. Conforme já dito, a Regressão não é a solução dos problemas da pessoa, e sim um método para auxiliá-la na compreensão de seus porquês e na melhoria da sua saúde, mas a pessoa deve fazer impreterivelmente a sua parte. Quando a pessoa está comprometida na sua melhora, na sua evolução, realizando direitinho aquilo que for necessário no seu dia a dia (e não só nas consultas), ela estará conquistando pontos com o Plano Espiritual para ter uma ótima Regressão, que lhe trará muitas informações e realizará cortes importantes para uma grande melhora de seus sintomas e problemas.

Portanto, se você tem vontade e intenção de realizar a Regressão, esteja aberto a tudo isso que foi escrito, esteja consciente de que ela não trará milagres sozinha e que é preciso sim passar por um tratamento, como o nome mesmo já diz: uma PsicoTERAPIA. E, quando é para a sua evolução, o seu autoconhecimento e sua Reforma Íntima, não existem gastos e sim investimentos. Uma vez adquirido autoconhecimento, será um tesouro que ninguém poderá tirar de você e que, ao final, você verá que vale muito, muito a pena. A paz interior não é negociável.

sonhos

Bom, o assunto gera muito “pano para manga” mesmo. Caso você tenha chegado até aqui e ainda tenha dúvidas, por favor, coloque nos comentários ou me escreva (juxavier.rp@gmail.com) que posso ir elaborando outros posts para sanar as questões levantadas.

Ah, e aproveito para indicar um ótimo livro, escrito pelo próprio Mauro Kwitko, para quem quer se aprofundar nesse assunto e se preparar para uma Regressão – Como Aproveitar a Sua Encarnação.

E, como comentei muito sobre a Reforma Íntima, o próximo post será todinho sobre ela. Até lá 😉

Anúncios

O que eu aprendi com os Mestres de Luz

Muitas pessoas dizem “acho que meu Mentor não fala comigo”, ou até mesmo “eu gostaria de escutar mais o meu Mentor” e assim por diante. Com o nosso Ego comandando a nossa vida, com a nossa mente sempre a mil, cheia de preocupações e ansiedades, é muito difícil realmente que a gente consiga parar para escutar aquilo que pertence aos níveis mais sutis à consciência humana.

Por causa do nosso Ego, achamos que eles é quem tem que falar conosco e nos colocamos, como sempre, na posição de vítimas quando isso não acontece… pelo menos em um grau que a gente tenha a sensibilidade de compreender.

A questão é que os Mentores estão sempre mostrando sinais de suas presenças em nossa vida. Porém, na grande maioria das vezes, achamos que foi pura sorte ou obra do acaso. Mas não, são os nossos amigos espirituais ocasionando situações em nossa vida que nos beneficiam ou nos levam a aprendizados.

Terra_02

Para escutarmos o que os Seres de Luz dizem, precisamos aprender a silenciar a mente, a olhar mais pra dentro de si, a acalmar os sentidos. A meditação é uma ótima maneira de chegar a esse estado de preparação para estar mais aberto ao sutil que nos rodeia. Também, podemos nos preparar corretamente para dormir, realizando uma oração ao deitar, pedindo uma intuição, um sinal, para determinadas questões que queiramos saber. Os Seres se comunicam muito através dos sonhos, porém precisamos saber interpretá-los.

Eles estão sempre abertos e dispostos a nos ajudar, mas respeitam o nosso livre arbítrio. Portanto, temos que nos colocar em uma posição de humildade, de introspecção, e pedir que os sinais venham, que as intuições aconteçam, que as respostas surjam. E quando pedimos, podemos ter a completa certeza de que seremos atendidos. Eles estão só esperando que a gente peça… mas, importante, que a gente saiba fazer esse pedido.

Uma das maneiras de receber mensagens dos nossos Mentores é através da regressão terapêutica, que é técnica integrante de um tratamento com Psicoterapia Reencarnacionista (saiba mais aqui), e é baseado nisso que venho falar nesse post de hoje. Como sou formada em PR, já presenciei muitas regressões, e até participando como regredida, e tive a bênção de receber muitas mensagens e lindos ensinamentos desses nossos queridos Amigos de Luz. E tenho certeza que o que eles mais querem é que essas mensagens sejam passadas adiante, para que mais pessoas sejam beneficiadas e possam tirar um aprendizado para si também.

Em 100% dos casos, são mensagens muito singelas, muito simples, mas de uma sabedoria imensa, que deixamos se perder em meio à caótica vida que acabamos por viver. Abaixo, então, trago os ensinamentos mais significativos que já presenciei nessas regressões:

Amor próprio

Na quase totalidade das mensagens, os Mestres de Luz procuram passar ensinamentos sobre o amor próprio. A importância da gente saber se amar, se amar como a gente é, entendendo que não somos melhores nem piores que ninguém, mas que somos únicos, únicos naquilo que devemos e viemos ser. Que somos amparados e que nunca estamos sozinhos, e que precisamos nos amar, pois somente através do amor, do amor próprio, muitos males e dificuldades da nossa vida serão sanados. Portanto, o amor próprio é como um guarda-chuva, abaixo dele há diversos outros desequilíbrios que seriam evitados com a presença real dele.

MESTRES ASCENSOS

As mensagens sobre o amor, também, quase sempre vêm diretamente conectadas com as mensagens sobre perdão. É aquela máxima “quem ama perdoa”, mas esse “ama” está relacionado, sim, com o amor próprio. Quando nos amamos, nos bastamos e sabemos que as coisas acontecem por uma razão. Quando nos amamos, sabemos que não somos vítimas e que se alguém faz ou diz algo para nós, é porque precisamos aprender com aquilo e não alimentar mágoas nem rancores.

Ao receber mensagens de amor próprio, a energia muda, a atmosfera do ambiente fica leve, e uma vibração gostosa no centro do peito, no Chakra Cardíaco, surge, e não há palavras suficientes para descrever a bênção que se sente nesse momento.

Paciência

Outra grande protagonista nas mensagens dos Seres é sobre a paciência. A ansiedade é o mal da humanidade e a grande verdade é que não sabemos esperar, queremos tudo pra ontem e nos colocamos em tal situação de estresse por isso que muitas doenças são criadas, por nós mesmos.

Jamais vou esquecer duas mensagens que presenciei durante uma regressão, que foram de um aprendizado inestimável: “se nem uma flor floresce da noite para o dia, por que vocês querem que as coisas aconteçam pra ontem?” e “pra que a pressa de viver se quando chega no final vocês choram porque acabou?”. Impossível negar a grande verdade nessas palavras.

Realmente, não sabemos esperar. Não entendemos que tudo tem seu tempo, que os processos da vida acontecem conforme um plano maior de tempo e que precisamos passar por cada etapa. Eles sempre dizem que podemos nos basear nas leis da natureza, isto é, nos ciclos, nas estações, nos processos naturais que passam árvores, plantas, animais, etc.

Não somos donos da natureza, somos parte dela, portanto, daí podemos tirar uma grande conclusão. Tudo tem seu tempo e as coisas acontecerão em nossa vida quando estivermos preparados, principalmente se batalhamos e fizemos a nossa parte para que elas realmente se realizem.

Não se exija demais

Muito do estresse que geramos em nossa vida é por nos exigirmos demais. Nós exigimos perfeição, não relevamos os nossos erros, fazendo com que a gente se puna muito quando erramos. Não compreendemos e, portanto, não respeitamos a nossa condição de humanos e que os erros fazem parte da jornada.

Os Seres de Luz procuram, nesse momento, ensinar que a gente entenda que estamos aqui para aprender e que não, não somos perfeitos, caso contrário não estaríamos aqui. Mas somos perfeitos naquilo que temos que ser e que o que vale é o que faremos daqui para frente para mudarmos aquilo que não vai bem, não o que passou. Sobre isso, outra mensagem inesquecível foi: “quem quer provar algo para alguém é o Ego, o Espírito sabe que o que vale é apenas tentar”. Tentar ser uma pessoa melhor a cada dia… tentar levantar a cada tropeço ou queda.

61968_1453376690221_1107403480_31119950_3900707_n

Quando nos exigimos demais, demonstramos nossa falta de amor próprio, e passamos a cobrar, também, dos outros, aquilo que falta em nós. Então nos tornamos exigentes, inflexíveis e intransigentes com as pessoas, pois projetamos nos outros aquilo que não é bem resolvido em nós. Ao aprendermos a relevar, a deixar as cobranças mais leves, a amenizar as expectativas, vamos conseguir nos harmonizar melhor conosco e com as pessoas que nos rodeiam.

Relacionamentos

Essa mensagem foi uma das mais recentes que presenciei e confesso que fiquei encantada com essa abordagem dada sobre os relacionamentos em nossas vidas. Mas os relacionamentos de que falo aqui são os relacionamentos amorosos mesmo, entre duas pessoas que optam por viver a vida juntas, construir família, patrimônio, etc, sejam elas um homem e uma mulher, sejam duas mulheres, sejam dois homens. Não importa, o que importa é o amor que une essas duas pessoas.

A mensagem era sobre a bênção que é duas almas estarem na Terra para evoluírem juntas. Que os relacionamentos são, sim, divinos e que os problemas e dificuldades surgem por causa do Ego.

Quando paramos para pensar em relacionamentos, em quantos divórcios e casamentos infelizes há, compreendemos que a maneira de encarar a vida a dois é distorcida. Em um relacionamento, mais do que nunca, projetamos no outro as nossas faltas, não entendendo que o outro tem exatamente aquilo que precisamos aprender para evoluir, e acabamos por sucumbir às dificuldades. Mais do que qualquer coisa, fraquejamos frente aos relacionamentos e não nos esforçamos para mudar, nos mudar, aproveitando a oportunidade para sermos melhores e viver em harmonia com um companheiro de jornada. Tudo é uma questão de perspectiva.

wwb_img109

Para finalizar, desejo que a gente saiba estar mais aberto ao que esses Seres tão amorosos estão sempre prontos a nos ensinar. Que a gente aprenda a sentir mais o amor que eles têm por nós e, acima de tudo, direcionar esse amor a nós mesmos.

E você, já recebeu um lindo ensinamento dos seus Mentores ou Amigos Espirituais? Compartilhe com a gente nas mensagens 😉

Como a Psicoterapia Reencarnacionista mudou a minha vida

Neste último domingo, 1º de março, me formei no curso de Psicoterapia Reencarnacionista, que teve duração de 1 ano, e por isso gostaria de contar um pouco como foi a experiência.

IMG_20150303_115402
Com a nossa Mestre Aline Schulz

Eu já sabia da existência das regressões terapêuticas e sempre acreditei na veracidade delas, porém tinha um certo receio de me submeter a uma, por puro medo do desconhecido, mas sentia lá dentro que algum dia a coragem chegaria.

Quando fiz o curso de Reiki ano passado, em janeiro, meu caminho para a espiritualidade se abriu e, como muitas pessoas, fiquei com um gostinho de quero mais, começando a buscar mais cursos, mais conhecimentos, mais vivências. Com os filtros e purificações acontecendo por conta do Reiki, muitos sentimentos desequilibrados vieram a tona e ficaram mais claros, ficaram mais evidentes, e muitos deles eu lutava há anos para superar e, mesmo assim, eu não conseguia mudar, por mais que eu me esforçasse e tentasse. Foi aí que vi que teria a palestra sobre vidas passadas e como elas podem influenciar na nossa vida hoje, com a Aline Schulz, portanto me inscrevi e fui. Antes da palestra, eu ainda comentei: de repente a palestra me ajuda a ter coragem de fazer uma regressão. E como não poderia ser diferente, aos 5min da fala da Aline eu já tinha certeza!

Fui então buscar o tratamento com a PR com uma terapeuta muito querida, Ceres Angeline Schulz, que hoje já é uma amiga que considero muito. Fiz as sessões de consulta e a regressão e, realmente, as mudanças começaram a acontecer e eu vi que aquilo era apenas um começo, a ponta do iceberg, mas eu me sentia muito pronta a continuar nessa busca.

Na época, estava acontecendo a divulgação para o curso de PR aqui em Santa Cruz e eu nem imaginava que eu – Juliana Xavier – poderia fazer um curso assim (sim, uma das coisas que vim curar é o complexo de inferioridade hehehe), achava que não tinha condições, por conta de maturidade e experiência insuficientes mesmo. Minha terapeuta me disse: durante uma auto aplicação de Reiki, pede uma intuição que teu Mentor te ajudará a saber se tu deve fazer o curso ou não. E ela veio, de forma amável e linda, me mostrando que sim eu deveria realizar este curso. Então, em um domingo de março de 2014, estava eu no espaço Harmonia do Corpo com outros 19 colegas e 3 monitoras, embarcando em uma viagem que mudaria pra sempre as nossas vidas!

IMG_20150303_115426
Turma PR – 2014/2015 Santa Cruz do Sul
IMG_20150303_120054
Uma turma feliz e orgulhosa!
IMG_20150303_120035
Família PR!

Hoje me lembro com emoção e carinho dessa época, pois eu mal imaginava tudo que me aguardava. Tantas transformações que não cabem em um post…

Nossas aulas eram todo primeiro domingo do mês e, durante elas, pudemos ter tantos conhecimentos novos, tantas informações valiosas que o Plano Espiritual tem nos permitido acessar, tantas experiências especiais com regressões que as palavras não conseguem expressar, além de estar compartilhando todos esses momentos com colegas que tiveram uma sintonia maravilhosa do início ao fim. E durante tudo isso, ainda as nossas próprias transformações internas que cada um vivia mensalmente. E foram muitas…

Hoje, a Juliana Xavier que começou o curso de PR naquele março de 2014 não é mais a mesma que está escrevendo esse texto hoje… e como é bom admitir isso! Como é libertador saber que, em tão pouco tempo, com tanta dedicação e vontade, é possível sim transformar a nossa vida rumo a uma vida que desejamos e sonhamos.

Com a PR:
– aprendi a conhecer e encarar as minhas inferioridades com mais amorosidade, a aceitar como eu sou e lutar sempre para melhorar aquilo que preciso, dando um passo de cada vez, dia após dia;

– aprendi a ter a maturidade de saber que temos total responsabilidade por nossa vida, por tudo que acontece com ela, seja de bom ou ruim, e podemos alcançar tudo que sonhamos sim, é só querer (sempre lembrando que existe a lei do merecimento e da necessidade);

– aprendi a serenar mais o coração e a mente, dando mais valor ao que eu tenho do que ao que eu não tenho, aprendendo o  que é gratidão – que não é algo que se tem, mas que se sente… e o sentimento de gratidão é inexplicável;

– aprendi a estar em paz comigo mesma, a escutar o que está lá dentro de mim e, com isso, percorrer o que a voz da minha alma me diz, não medindo esforços para encontrar a tão sonhada paz interior, além de poder estar no caminho da minha Missão;

– aprendi a amar os erros que já cometi, pois eles fazem parte importante de quem eu sou hoje e, sem eles, eu não estaria onde estou. É humano errar sim, mas é mais humano ainda levantar, sacudir a poeira e estar pronto e forte para o próximo passo, desejando do fundo do coração que os dias que virão sejam ainda melhores;

– aprendi que nossa vida é feita de momentos bons, mas de momentos ruins também. E quando estes chegarem, devemos encará-los de modo a saber o que eles querem nos ensinar, o que podemos aprender com eles e de que forma eles podem nos mostrar a nossa essência, o caminho certo que devemos trilhar. Ou seja, encarar os momentos ruins como direcionadores da nossa vida;

– aprendi que a verdadeira felicidade existe sim, e o caminho para chegar até ela está dentro de cada um, e o construímos através dos nossos pensamentos, ações, emoções, sentimentos, crenças… e um coração sereno pertence a uma vida simples, uma vida que busca o “ser” e não o “ter”;

– acima de tudo, aprendi que ainda há muito a aprender! E todos esses aprendizados me possibilitam estar sempre pronta e aberta a novos aprendizados, constantemente… estamos em uma escola chamada Vida e, aqui, os aprendizados jamais cessam e é maravilhoso saber disso! Saber que se erramos ontem ou hoje, amanhã temos uma chance de tentar ser melhor. Nosso principal objetivo aqui na Terra é a Evolução Espiritual, ou seja, sair dessa vida melhores do que chegamos nela.

Eu poderia falar ainda muito, muito mais. Mas ao longo da existência desse blog outros posts surgirão, não somente falando da PR especificamente mas também textos originados a partir dos aprendizados que esta escola maravilhosa oferece! E, após tudo isso, o sentimento não poderia ser outro a não ser de GRATIDÃO – por tudo e por todos que de alguma forma contribuíram para a realização desse curso!

IMG_20150303_115500
Realização e Orgulho!

Quis compartilhar minha experiência para, quem sabe, incentivar outras pessoas a buscarem o mesmo, pois posso dizer com toda a certeza que vale a pena!

Avisos:

Em maio, haverá a mesma palestra ministrada pela Aline Schulz sobre o tema vidas passadas, e em junho uma nova turma de Psicoterapia Reencarnacionista irá começar no Espaço Harmonia do Corpo Terapias Alternativas.

Para saber mais e acompanhar as informações, divulgações, datas, etc., indico os links:
– Site da Aline Schulz (ministrante de PR em Santa Cruz): http://www.alineschulz.com.br/
– Fan page do Harmonia do Corpo: https://www.facebook.com/adriane.rohde.5
– Portal da Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista – ABPR – para conhecer mais sobre a Escola: http://portalabpr.org/

Veja também: participação do Dr. Mauro Kwitko, canalizador da PR, no Programa Mais Você.