Como me preparar para fazer uma Regressão?

Acreditando ou não, uma coisa é fato: a palavra Regressão desperta diversas reações nas pessoas. Seja medo, seja curiosidade, seja a identificação de uma necessidade para a sua vida, etc, a questão é que ela não passa despercebida.

deb45d333d0414ba3de42155789fdb4a-825x451

Sou formada em Psicoterapia Reencarnacionista (PR) e utilizamos, como um dos métodos terapêuticos, a Regressão a vidas passadas. Para contextualizar, a PR é uma escola brasileira, canalizada por Mauro Kwitko, que parte da crença reencarnacionista, isto é, que já vivemos outras vidas, que a morte não é o fim e a infância não é o começo. Além disso, acreditamos primordialmente que somos um espírito em evolução, que de tempos em tempos descemos à Terra para mais uma experiência na matéria, passando por desafios e dificuldades que nos levarão ao aprimoramento espiritual. Com isso, em uma vida, trazemos traços de personalidades de outas existências, ou seja, nosso espírito hoje é o somatório de diversas personalidades que já tivemos em outras tantas vidas passadas (podem ser milhares).

Em uma vida passada, posso ter sido recriminada por expor minha opinião, e até morta por isso, então nessa vida atual posso ter uma grande dificuldade e insegurança em dizer o que penso. Em uma outra vida, posso ter sido um homem que abusei de mulheres, por isso nessa vida posso ter nascido mulher para aprender a valorizar o sexo feminino; além disso, posso ter nascido em uma família onde os homens da casa podem tentar me abusar, passando pelo o que eu fiz naquela vida. Em uma outra existência, posso ter sido uma pessoa que não valorizava o material, esbanjava dinheiro e não cuidava do meu patrimônio, por isso nessa vida posso ter vindo pobre, para aprender o real significado dos valores materiais. Em uma outra vida, posso ter causado uma briga, o que me levou à morte por um tiro na testa, portanto nessa encarnação posso desenvolver problemas na cabeça, como enxaquecas sem explicação ou até mesmo a propensão a um tumor. E assim por diante, sendo infinitas as possibilidades de investigar e interpretar a vida através do enfoque reencarnacionista. Resumidamente: em uma vida, muitos dos problemas que temos não são criados na existência e sim são aflorados para que nosso espírito possa amenizar e até curar aquilo que traz como seu karma.SA

Dito isso, entra em cena a Regressão. Mas, afinal, o que é a Regressão e para o que ela serve?

A Regressão Terapêutica está referendada no “Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec, na questão 399 a respeito do Esquecimento do passado, onde diz: “Mergulhando na vida corpórea, perde o Espírito, momentaneamente, a lembrança de suas existências anteriores, como se um véu as cobrisse. Todavia, conserva algumas vezes vaga consciência, e lhe podem ser reveladas. Esta revelação, porém, só os Espíritos superiores espontaneamente lhe fazem, com um fim útil, nunca para satisfazer a vã curiosidade”.

A Regressão é um método terapêutico, baseado na revivência de fatos do passado, seja dessa ou de outras encarnações. Uma regressão é a rememoração do passado onde a pessoa ainda ficou sintonizada, sendo permitido a ela visualizar e reviver essas experiências.

regressão_conversa_entre_adeptus

A Regressão possui 2 finalidades: consciencial, que é sabermos se estamos aproveitando a nossa encarnação atual e termos a consciência do que trazemos conosco de outras vidas, além de entendermos qual a nossa missão nessa atual vivência, nossos traços de personalidade, doenças, etc; e desligamento, onde ocorre o corte de sintonia que estamos com outras vidas, melhorando ou curando doenças e transtornos, como Fobias, Pânicos, Depressões severas e dores físicas crônicas. (Para saber mais sobre o método e a escola da PR, acesse o site da Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista – http://portalabpr.org/)

Ok, se você chegou até aqui no texto, vou supor que você já entendeu o que é a Regressão, se identificou e teve a seguinte conclusão: “acredito que preciso de uma Regressão, mas não sei se estou preparada. Como faço?” Ou ainda: “Como posso saber se estou preparada para uma Regressão?”.

Então vamos por parte porque o assunto é sério!

Motivação

Uma das principais questões que surgem quando alguém se depara com a Regressão, se interessa e acredita é: como saber se eu preciso de uma Regressão?

Essa é uma importante questão, pois não são todos os casos que necessitam de Regressão. A Psicoterapia Reencarnacionista utiliza este método como auxílio, mas sua principal atuação é na Reforma Íntima da pessoa. Isto é, a Regressão, por si só, não resolve todos os problemas. A pessoa precisa estar na jornada da sua Reforma Íntima, fazendo a sua parte para a compreensão daquilo que a incomoda em sua vida, dos seus problemas e sofrimentos e o porquê de ter passado ou estar passando por determinadas situações.

As principais questões que uma pessoa deve ter em mente quando busca a PR e a Regressão é: ela deve sair da zona de conforto; ela deve sair da posição de vítima e centro do mundo; a vida que ela tem é a vida que ela mesma atraiu e criou, de acordo com a energia criada por seus pensamentos, emoções, sentimentos e atitudes; não existem mocinhos nem vilões, apenas a Lei do Retorno em ação, isto é, aquilo que realizamos irá retornar para nós.

liberdade

Dito isso, a Regressão deve ser buscada quando temos problemas em nossas vidas que, por mais que já tenhamos tentado, não conseguimos lidar mais com eles. Quando sentimos que não temos mais forças para combater aquilo que nos traz sofrimento, que é mais forte do que nós e que não entendemos por que aquilo está acontecendo; situações essas que acabam sendo cíclicas em nossas vidas, isto é, há uma melhora, mas um tempo depois volta a perturbar a nossa paz novamente.

Além disso, a Regressão é indicada em casos de doenças, distúrbios, fobias, traumas, dores crônicas, etc, em que a pessoa já passa por longos tratamentos e não há uma melhora significativa. E, finalmente, a Regressão pode ser buscada quando a pessoa sente um vazio em sua vida, sente que está sem rumo, que não tem motivação para viver, que acredita que sua vida não tem propósito, por isso, é infeliz em tudo que a rodeia (mesmo sem ter nenhum motivo aparente para isso).

Responsabilidade

Realizar uma Regressão requer uma grande responsabilidade por parte da pessoa. Ela não deve ser feita apenas para satisfazer a vã curiosidade, do tipo “quero saber se fui alguém famoso em uma vida passada”. A Regressão é oportunizada e conduzida pelo Plano Espiritual, isto é, Mestres de Luz, assim como o Mentor Espiritual da pessoa, estão ali presentes, conduzindo o trabalho, com todo amor e bondade que eles têm (essa é a diferença entre a Regressão da PR e a Regressão da TVP, esta é feita por hipnose, aquela é conduzida pelo Plano Espiritual através de um método de relaxamento e expansão da consciência). Portanto, não devemos “brincar” com isso, não devemos brincar com eles. Temos que estar bem conscientes do que queremos e para o quê queremos através da Regressão.

“Ju, mas eu não tenho um motivo específico para me submeter a uma Regressão, apenas gostaria de ter mais autoconhecimento. Posso fazer a Regressão?” Pode e deve! Procurar Terapias Alternativas com o intuito de autoconhecimento, sem precisar estar passando por um sofrimento, demonstra que a pessoa está no caminho da sua evolução espiritual. Porém, da mesma forma, deve fazer a sua parte na sua Reforma Íntima, refletindo sobre seus aprendizados e realizando o que for necessário durante o tratamento.

Falando em tratamento, vamos para uma próxima importante questão:

A Terapia PR

Para um dia vir a realizar uma Regressão, a pessoa deve, obrigatoriamente, passar por um tratamento através das consultas. Mas por que obrigatoriamente? Conforme já comentado, para fazer uma Regressão, é preciso ter muita responsabilidade, por isso, a pessoa deve estar muito bem preparada, condição que o Psicoterapeuta Reencarnacionista irá auxiliá-la nas consultas.

terapia4

Nas consultas, a pessoa deve ir relatando seus problemas, o que a motivou buscar a terapia, bem como relatos da infância, adolescência, relacionamentos afetivos e familiares, traumas, doenças, etc. O Psicoterapeuta explica como a escola PR funciona, quais são os pilares da PR, quais as finalidades do tratamento e da Regressão e, durante novos encontros, vai auxiliando a pessoa, com respeito e ética, para que ela possa ir identificando gatilhos e armadilhas pelos quais passa durante seu dia a dia, revelando traços de sua personalidade, como suas inferioridades e aprendizados, assim como, na medida do possível, pontuar questões que podem levá-la a identificar qual a sua missão, isto é, aquilo que seu espírito assumiu antes de vir para a atual encarnação. Só então, através de uma análise entre o Psicoterapeuta e a pessoa, é que se avalia se a pessoa está preparada ou não para uma Regressão.

A duração do tratamento vai depender da própria pessoa, o quanto ela se dedica e se empenha na busca da sua Reforma Íntima. Conforme já dito, a Regressão não é a solução dos problemas da pessoa, e sim um método para auxiliá-la na compreensão de seus porquês e na melhoria da sua saúde, mas a pessoa deve fazer impreterivelmente a sua parte. Quando a pessoa está comprometida na sua melhora, na sua evolução, realizando direitinho aquilo que for necessário no seu dia a dia (e não só nas consultas), ela estará conquistando pontos com o Plano Espiritual para ter uma ótima Regressão, que lhe trará muitas informações e realizará cortes importantes para uma grande melhora de seus sintomas e problemas.

Portanto, se você tem vontade e intenção de realizar a Regressão, esteja aberto a tudo isso que foi escrito, esteja consciente de que ela não trará milagres sozinha e que é preciso sim passar por um tratamento, como o nome mesmo já diz: uma PsicoTERAPIA. E, quando é para a sua evolução, o seu autoconhecimento e sua Reforma Íntima, não existem gastos e sim investimentos. Uma vez adquirido autoconhecimento, será um tesouro que ninguém poderá tirar de você e que, ao final, você verá que vale muito, muito a pena. A paz interior não é negociável.

sonhos

Bom, o assunto gera muito “pano para manga” mesmo. Caso você tenha chegado até aqui e ainda tenha dúvidas, por favor, coloque nos comentários ou me escreva (juxavier.rp@gmail.com) que posso ir elaborando outros posts para sanar as questões levantadas.

Ah, e aproveito para indicar um ótimo livro, escrito pelo próprio Mauro Kwitko, para quem quer se aprofundar nesse assunto e se preparar para uma Regressão – Como Aproveitar a Sua Encarnação.

E, como comentei muito sobre a Reforma Íntima, o próximo post será todinho sobre ela. Até lá 😉

Anúncios